Casa da Família Cunha da Silveira

Construída, provavelmente, no século XVIII é um exemplar de arquitetura erudita de importantes dimensões. A varanda corrida estende-se ao longo das 13 portadas e faixas verticais em pedra vão desenhados em verga curva. Em 11 de Abril de 1832 o imperador do Brasil D. Pedro - descansou durante a visita que efetuou à vila das Velas, antes do desembarque dos liberais nas praias do Mindelo (8/7/1832).

Foi propriedade da ilustre e opulenta família Cunha da Silveira, que dominou a vida politica e social Jorgense, durante séculos.

Atualmente é pertença da Câmara Municipal das Velas, onde se encontra instalada a Casa Museu Cunha da Silveira.

A Casa Museu dedica-se à preservação e promoção do património jorgense, nomeadamente etnográfico. Instalado no Solar Cunha da Silveira, é composto por diversas salas temáticas: agricultura, mar, carpintaria, tecelagem, pesos e medidas. Dedicaram também uma das salas à história da família Cunha da Silveira e ao seu contributo na ilha de São Jorge.

Morada
Rua Dr. Miguel Teixeira
Velas
Rua Dr. Guilherme da Silveira

Velas